Arborização Urbana

A arborização urbana, definida como toda vegetação que compõe o cenário ou a paisagem urbana, é um dos componentes bióticos mais importantes das cidades. Tecnicamente, a arborização urbana é dividida em áreas verdes (parques, bosques, praças e jardinetes) e arborização de ruas (vias públicas).

Dispomos das seguintes espécies:

 

Espirradeira - Neriumoleander

Arbusto grande quase uma arvoreta, lactescente, proveniente da região Mediterrânea, pode alcançar 3-5 m de altura, muito ramificado e florífero, de folhas persistentes e coriáceas. As flores podem ser brancas, róseas ou vermelhas e formam-se na primavera-verão.

 

Flamboyãzinho - CaesalpiniaPulcherrima

Arbusto lenhoso, ereto, Provido de espinhos, originário das Antilhas, de florescimento exuberante, podendo alcançar de 3-4 m de altura, de folhas compostas pinadas. Inflorescências terminais sobre brotações novas, formadas principalmente na primavera e verão. São empregados como cerca-viva e na arborização de parques, jardins e ruas. Multiplica-se facilmente por sementes.

 

Grevílea - GrevilleaBanksii

Árvore pequena ou arbusto de folhagem e flores decorativas, muito ramificadas pode alcançar de 4-6 m de altura, originária da Austrália. Folhas alternas, com folíolos branco-sedosos na face de baixo, de 10-20 cm de comprimento. Inflorescência terminal, ereta, densa, vermelha, com flores pequenas, dispostas aos pares, sem pétalas, estas substituídas pelo cálice tubular com estiletes longos e recurvados. Pode ser cultivada isoladamente, em grupos ou renques, em solo enriquecido. As flores são muito visitadas por beija-flores e outros pássaros em busca de néctar, formadas no decorrer do ano todo. Planta subtropical, porém tolerante a geadas. Multiplica-se com facilidade por sementes se postas a germinar logo que colhidas.

 

Hibisco - Hibiscus Rosa-Sinensis

Arbusto fibroso e lenhoso, originário da Ásia tropical, pode alcançar de 3-5 m de altura. Suas flores são sempre solitárias, pequenas com pétalas crespas, formadas no decorrer de quase o ano todo. É cultivado como planta isolada e para formação de renques como cerca-viva ou simplesmente em conjuntos. Planta tropical, não tolera geada. Multiplica-se por estacas e alporques.

 

Ipê-de-Jardim - TecomaStans

Árvore pequena ou arbusto muito variável, lenhoso, ramificado e florífero, pode alcançar de 3-6 m de altura, originário dos Estados Unidos, México, Guatemala e América do Sul (exceto o Brasil). Folhas opostas, pinadas, com folíolos quase sésseis. Inflorescência terminal, com poucas flores tubulares, campanuladas, amarelas, formadas na primavera-verão até o outono. Pode ser cultivada na arborização urbana, em jardins ou em renques. Tem tendência a tornar-se espontâneo, sendo, por isso, considerado invasor de pastagens em algumas regiões. Espécie com certa tolerância a geadas. Multiplica-se facilmente por sementes.

 

Murta - Eugenia Mattosii

Arbusto lenhoso, ereto, perene, de folhagem verde-brilhante e ornamental, nativo no Sul do Brasil, pode alcançar de 0,7-1,5 m de altura, muito ramificado e compacto, com folhas reduzidas, inteiras, de cor vermelha quando novas, de 2-3 cm de comprimento. Flores solitárias, axilares, brancas, suavemente perfumadas, formadas na primavera, resultando em vários frutos esféricos, vermelhos, suculentos, comestíveis e apreciados por pássaros. O florescimento e a frutificação são mais intensos em regiões de clima ameno, como Sul do país. É cultivada a pleno sol, como planta individual mantida podada como arbusto globoso, ou em grupos visando à formação de renques ou divisórias, também podadas com frequência; presta-se muito bem para ornamentação topiaria. Resistente a geadas fortes. Multiplica-se facilmente por sementes.

 

Resedá - Lagerstroemia Indica

Árvore rústica e muito florífera, originária da China e Índia, pode alcançar de 3-6 m de altura. Suas folhas são pequenas e têm bordas um pouco onduladas, em algumas regiões de clima frio intenso as árvores perdem todas as folhas durante o inverno, nos demais lugares as folhas passam a ter a tonalidade avermelhada e somente algumas folhas caem. Essa planta tem muitos galhos brotando diretamente da base rente ao chão, mas o ideal é ir cortando esses ramos finos e deixar apenas o tronco para dar ao resedá o formato típico de uma árvore. Deve sercultivado a pleno sol, em solo enriquecido com matéria orgânica, é muito utilizada em calçadas, pois além de sua beleza suas raízes não são tão invasivas. Aprecia clima subtropical. Multiplica-se por estacas de galhos e sementes.

 

Resedá - Lagesrtroemia

O tronco é liso com tons claros, marmorizado. As folhas são elípticas com bordas onduladas. As flores, inflorescências agrupadas em cachos, desabrocham nos ramos novos, e podem apresentar cores como, “rósea”, ‘lilás”, “carmim” ou “branca” dependendo da variedade. Floresce de outubro a março. É atrativa para algumas espécies de abelhas. Apresenta um porte entre 4-6 metros e um diâmetro de aproximadamente 4 metros. É uma espécie resistente à poluição urbana.

© 2017 - Flora Roseira Comercial LTDA.

Rua Augusto Pereira Coelho, S/N - CEP: 12580-000
Roseira-SP

12   3646-1160
12 99671-1556
12 99772-1160

Desenvolvimento e HospedagemCrie seu site conosco!