Arbustos

Arbusto ou moita é todo o vegetal do grupo das angiospermas dicotiledôneas lenhosas, que se ramifica desde junto ao solo e tem menor porte (abaixo de 6 m) em relação às árvores. São plantas que não necessitam de grandes espaços para o seu bom desenvolvimento. Arbustos pequenos e baixos, geralmente não passando dos 2 metros de altura, como a lavanda, mirta e a maioria das variedades pequenas de rosas de jardim, são frequentemente chamados de moita.

Dispomos das seguintes espécies:

 

 

Arália Redonda - PolysciasScutellaria

Originário de Nova Caledônia, pode alcançar de 1,5 – 3 m de altura. Folhas simples, lisas com margens onduladas e tem margens brancas. Florescimento muito raro. Cultivado como planta isolada ao longo de cercas, paredes e muros, tanto a pleno sol como a meia-sombra, em solo fértil e permeável, irrigado periodicamente. Não tolera geadas, sendo indicado apenas para regiões tropicais e subtropicais. Multiplica-se facilmente por estacas em qualquer época do ano, mesmo que estaqueadas no local definitivo.

 

Buquê-de-noiva-Spiraeacantoniensis

Atinge 1,20-1,50 m de altura. Folhas verde-escuras na face de cima e azuladas na parte de baixo, de 2-5 cm de cumprimento. Inflorescência terminais, densas com flores pequenas, brancas, formadas no inverno-primavera. É cultivado como planta isolada, em grupos ou renques (cercas-vivas), em terra fértil, permeável, a pleno sol, irrigada periodicamente.

 

Buxinho - BuxusSempervirens

Originário das regiões do Mediterrâneo, Oriente e China, pode alcançar de 2-5m de altura. Planta extraordinária e que possui um excelente potencial para assumir formas desejadas. É utilizado com frequência como planta para bordadura de jardins, muros, desenhado ou não; mantido sempre podado, proporciona um belíssimo efeito ornamental. Pode ser cultivada em vasos grandes por longo tempo se podada com frequência. Multiplica-se por estacas obtidas do ponteiro, cortadas no final do inverno.

 

Camarão-Amarelo - Pachystachys lútea

Arbusto sublenhoso, ereto, ramificado, de 0,50-1,0 m de altura, de ramagem ereta com folhas ovalado-alongadas, verde-escuras, sulcadas pela nervação,ornamentais. Inflorescência ereta, muito vistosa, com brácteas amarelas e flores branco-creme, formadas na primavera e verão. As flores atraem beija-flores. É cultivado em vasos, em grupos ou em renques acompanhando muros, muretas e paredes, a meia-sombra ou a pleno sol, em solo fértil e mantido úmido. Não tolera temperaturas baixas. A sua poda anual seguida da adição de material orgânico melhora seu florescimento.

 

Crossandra - CrossandraInfundibuliformis

Pode alcançar de 0,30 – 0,90 m de altura. Folhas simples, brilhantes e lisas. Com poucas flores de cor alaranjada ou salmão, formadas principalmente na primavera e verão, mantendo-se por vários meses. Deve ser cultivado a pleno sol ou a meia-sombra, geralmente em grupos formando maciços isolados, ou em renques ao longo de cerca-viva divisória. Planta tipicamente tropical, não tolera o frio. Multiplica-se facilmente por sementes na região tropical do Brasil e por estacas cortadas após o florescimento.

 

Cróton - CodiaeumVariegatum

Da Índia, Malásia e Ilhas do Pacífico, pode alcançar de 2-3 m de altura, com folhas pequenas ou grandes, inteiras, com recortes ou torcidas, muito vistosas pelos variados colorido e formato. Inflorescências alongadas não vistosas. São plantas clássicas de climas tropicais, pouco resistente ao frio e sensíveis a geadas. Exigem solos ricos e de boa drenagem. Multiplica-se por estacas ou alporques, em regiões úmidas as estacas podem ser preparadas no próprio local.

 

Dracena Tricolor - Dracaenamarginata

Arbusto de tronco volumoso de 2-4 m de altura, muito ramificado, cada ramificação com uma roseta densa de folhas lineares alongadas, verde-escuras com uma faixa estreita e vermelha na margem. Dada à facilidade com que os ramos podem ser encurvados ou retorcidos, é apropriado para cultivo em arranjos de vasos, proporcionando belo efeito, porém causa bom efeito para cultivo em conjuntos ou plantios isolados, a pleno sol.

 

Gerânio - PelargoniumHortorum

Pode alcançar de 60-90 cm de altura, com ramos suculentos e folhas arredondadas uniformes. Inflorescências eretas, formadas na primavera-verão, com haste longa e constituída de diversas flores simples ou dobrada. Plantado em vasos, com substrato leve e com base orgânica, em jardineiras ou como bordadura, em locais ensolarados, com terra rica e de boa drenagem. É tolerante a clima frio. Multiplicam-se facilmente por estacas, preparadas após o florescimento.

 

Jasmim-do-caribe - Plumeria Pudica

Pode alcançar de 2-3 m de altura. Suas folhas são de coloração verde escura e brilhante. As flores são formadas sempre aglomeradas na copa, de coloração branca com o centro amarelado. Ao contrário de outros tipos de jasmins suas flores não exalam perfume. Cultivada a pleno sol ou meia-sombra, como planta isolada ou como uma arvoreta. Multiplica-se facilmente por estacas.

 

Mil Cores - BreyniaDisticha

Originário das Ilhas dos Mares do Sul, pode alcançar 0,90-1,20 m de altura. Folhas verdes manchados de branco, róseo e vermelho ou totalmente brancas, de acordo com a variedade em cultivo. As flores são pequenas, não vistosas e raramente produzidas em nossas condições. Planta excelente para formação de renques, também podendo ser utilizada junto a muretas, muros ou simplesmente como planta isolada ou em conjuntos vistosos. A variedade de folhas brancas deve ser cultivada a meia-sombra e as folhas avermelhadas tanto a meia-sombra como a pleno sol. Não tolera geada. Multiplica-se por estacas.

 

Mussaenda Frondosa - Mussaenda Frondosa L.

Originário das Índias Orientais, pode alcançar de 2-3 m de altura , com florescimento decorativo. Folhas simples de 6-12 cm de comprimento, com pecíolo curto. As flores amarelo-alaranjadas, pequenas, com uma sépala grande de cor branco-pura, formadas no decorrer de quase o ano todo, principalmente durante os meses do verão. Aceita podas leves e não tolera baixas temperaturas, sendo mais indicadas para regiões tropicais e subtropicais. Multiplica-se por sementes e por estacas preparadas no final do inverno, e que enraízam melhor em local protegido.

 

 

 

Pata de Elefante - BeaucarneaRecurvata

Pode alcançar de 3-5 m de altura, com tronco geralmente não ramificado, muito dilatado na base. Com numerosas flores pequenas e esbranquiçadas, formadas no outono e de pouco valor ornamental. Na fase juvenil é excepcional para plantio em vasos ou para formação de pequenos grupos, a pleno sol. Na fase adulta e idosa, em parques e jardins impressiona pelo aspecto estranho, exótico e muito imponente de seu conjunto arquitetônico. É tolerante a baixas temperaturas. Multiplica-se por sementes produzidas nas plantas femininas.

 

Pinheiro-Budista - PodocarpusMacrophyllus

Arbusto grande ou árvore de até 15 m de altura, originária da China e Japão, com ramagem muito ornamental. Formadas por flores masculinas e femininas em plantas separadas , sem importância ornamental. Cultivado em grupos geralmente formando renques, a meia-sombra ou a pleno sol, ao longo de muros e paredes, com terra fértil e mantida úmida. Também em vasos a meia-sombra. Tolera podas de contenção. Planta subtropical tolera geada. Multiplica-se por estacas dos ponteiros cortadas no final do inverno.

 

Pleomele - Dracaena Reflexa

Pode alcançar de 2-3m de altura, com folhagem ornamental, originário de Madagascar, Índia e Ilha Maurício. Folhas verde escuras, com duas faixas creme-amareladas e centro verde em suas folhas, que deve ser mantida a meia-sombra para não retroceder. Com flores pequenas, brancas, de importância secundária como ornamentais. Planta tipicamente tropical, não tolera baixas temperaturas. Cultivado em vasos, como planta isolada ou em grupos, a meia-sombra ou a pleno sol, em terra fértil, irrigada a intervalos. Multiplica-se facilmente por estacas, preferencialmente as do ponteiro.

 

Reseda-Amarelo - Galphimia Brasiliensis

Nativo do Brasil, pode alcançar 1-2 m de altura. Com flores pequenas, de cor amarela, vistosas, formadas durante quase o ano todo. É cultivado a pleno sol como planta isolada, em conjuntos ou formando renques ao longo de grades e muretas, muito vistosos pela grande massa amarela de flores produzidas. É uma planta bastante rústica, porém sensível a geadas fortes, sendo mais apropriada para o cultivo em regiões de clima tropical e subtropical. Multiplica-se por sementes formadas em abundância todos os anos.

 

Serissa - SerissaFoetida

Originário do Japão, pode alcançar de 60-90 cm de altura. Ramos fino, com folhas simples e pequenas. Flores pequenas, isoladas ou em grupos, de cor branca, simples ou dobradas, formadas durante quase o ano todo. Adequado para formação de renques e bordaduras, acompanhando paredes, muros e muretas, em solos férteis e irrigados periodicamente. Pode ser mantida com podas leves e tolera o frio. Multiplica-se facilmente por estacas, preparadas com maior sucesso no final do inverno.

 

Tumbérgia-Azul-Arbustiva - ThunbergiaErecta

Proveniente da África tropical, de 2-2,5 m de altura. Folhas simples, verde-brilhantes, espessas, densas e ornamentais. Flores axilares azuis, com o centro amarelado, vistosas, formadas quase o ano todo, principalmente na primavera e verão. Apropriado para plantio isolado ou em grupos na forma de renques ao longo de muros, muretas, paredes e cercas, a pleno sol ou a meia-sombra, em solo rico em material orgânico e irrigado a intervalos. As flores atraem beija-flores. Multiplica-se facilmente por estacas, de preferência após o florescimento.

© 2017 - Flora Roseira Comercial LTDA.

Rua Augusto Pereira Coelho, S/N - CEP: 12580-000
Roseira-SP

12   3646-1160
12 99671-1556
12 99772-1160

Desenvolvimento e HospedagemCrie seu site conosco!